7 maneiras inteligente de aumentar a sua Testosterona

Não é segredo nenhum que a testosterona é o vital importancia nos hormônios masculinos. Veja como aumentar seus níveis de T seguro e naturalmente.

O poder de testosterona é quase mítico, e não admire; ele pode impulsionar músculos e queimar gordura corporal, além de um montão de outros benefícios, incluindo melhora do humor, sono, libido, energia, saúde geral e qualidade de vida. Infelizmente, a maioria dos homens experimentam um lento declínio na testosterona após terem atingido os 30 anos de idade, colocando-os em maior risco de doença cardíaca, diabetes tipo 2, obesidade, baixa densidade mineral, função sexual prejudicada, redução da massa muscular e diminuição do desempenho físico .

Não pense que as mulheres não são afetadas por níveis reduzidos desse hormônio anabólico bem. Similar aos homens, os níveis de testosterona em mulheres de bem que apenas um décimo de seu homólogos masculino de pico na faixa dos 20 anos e comeca o declínio depois. Esta queda da testosterona podem alterar negativamente o equilíbrio entre estrogénios e de testosterona, o que resulta num aumento da gordura corporal, diminuiu o metabolismo, a redução da força e densidade mineral óssea, e dificuldade em crescer os músculos.

1- Comer gordura, REFORÇO na Testosterona

Muitas vezes pensado como um “destruidor físico”, a gordura dietética é realmente um dos jogadores mais importantes quando se trata de otimizar a produção natural de testosterona. Longe vão os dias em que nós associamos a gordura com doenças cardíacas e níveis elevados de colesterol; é agora reconhecida como uma maneira de aumentar os níveis de testosterona. De fato, um estudo publicado no “Journal of Applied Physiology” descobriu que dietas com maiores quantidades de gorduras monoinsaturadas e saturadas têm sido mostrados para aumentar a testosterona levels.

Dietas com maiores quantidades de gorduras monoinsaturadas e gorduras saturadas têm sido comprovados para aumentar os níveis de testosterona.
Dietas com maiores quantidades de gorduras monoinsaturadas e gorduras saturadas têm sido comprovados para aumentar os níveis de testosterona.

Em outro estudo, os homens que mudaram de uma dieta rica em gordura (13% de gordura saturada) a uma dieta de baixo teor de gordura (5% de gordura saturada) apresentaram significativamente mais taxas baixas em produção de testosterona, e menor que niveis de andrógeno.

Tenha em mente que quando se trata de gordura da dieta, não é apenas a quantidade de gordura que você come, mas também o tipo de gordura.

EXEMPLOS DE GORDURAS QUALIDADE monoinsaturadas:
Azeite de oliva, amêndoas, abacate, pasta de amendoim

Exemplos de qualidade gorduras saturadas:
A carne vermelha, óleo de coco, as gemas, o chocolate preto, queijo

2- Não evite COLESTEROL
A testosterona é derivado do colesterol, por isso deve vir como nenhuma surpresa que, se sua dieta é carente de colesterol, você é também mais do que provável enganando a si mesmo quando se trata de hormônio de fortalecimento muscular. Pesquisas anteriores já haviam demonstrado uma forte relação entre os níveis de colesterol HDL e niveis de testosterona livre. Tenha em mente que a maioria de testosterona em seu corpo está ligado às proteínas, mas apenas o solta, ou livre, a testosterona é considerado biodisponível e prontamente disponível para a absorção do tecido.

Além disso, incorporando ovos inteiros em uma dieta moderada em carboidratos foi mostrado para melhorar o perfil das lipoproteínas (aumento do colesterol HDL) e reduzir a resistência à insulina em indivíduos com síndrome metabólica, uma constelação de problemas de saúde que inclui hipertensão, glicose sanguínea anormalmente alta, e outros fatores de risco para doença do coração.

Alimentos que contenham os melhores colesterol são tipicamente os que são ricos em gorduras saturadas. Alguns de suas melhores escolhas são carne vermelha, gema de ovo, e frutos do mar como camarão, lula e lagosta.

3- CONSUMIR INGREDIENTES que ajudam a impulsionar

Testrol da GAT
Testrol da GAT

TESTOFEN (feno-grego EXTRATO) (FENUGREEK EXTRACT)
Testofen, um padronizadoextrato de feno-grego, é feito para suportar os níveis de testosterona livre, massa muscular, e desejo sexual nos homens. Embora a pesquisa ainda é algo novo nesta área, um estudo na Austrália descobriu que seis semanas após a suplementação com uma fórmula que contém Testofen como ingrediente principal mostraram aumentos estatisticamente significativos no desempenho da função sexual e saudável satisfação nos adultos do sexo masculino.

ZINCO
O zinco é um mineral essencial que desempenha um papel crítico na produção de testosterona. Deficiência de zinco, comum entre homens e mulheres nos Estados Unidos, tem sido associado com concentrações de testosterona reprimida. Um estudo notável de Wayne State University, em Indiana descobriu que os homens mais velhos que tinham uma ligeira deficiência de zinco aumentaram significativamente a sua testosterona 8,3-16,0 nmol / L-um aumento de 93%! -Seguindo Seis meses de suplementação de zinco. Os investigadores do estudo concluíram que o zinco pode desempenhar um papel importante na modulação dos niveis de testosterona no soro em homens de uma forma normal e saudável.

D-aspártico (DAA)
Ácido D-aspártico (DAA) é um aminoácido presente em tecidos neuroendócrinos e acredita-se influenciar os níveis hormonais através do aumento da actividade de produção de testosterona. Em um estudo em humanos, 23 homens receberam uma dose diária de 3120 mg de DAA por 12 dias, enquanto outro grupo recebeu um placebo. Depois de apenas 12 dias, os indivíduos que completaram com DAA experimentou um aumento da testosterona por uma média de 42% e do hormônio luteinizante (LH) por uma média de 33%. Os resultados deste estudo mostram que DAA podem ter um papel fundamental na regulação da liberação e síntese de LH e testosterona em humanos.

VITAMINA D
A vitamina D é sem dúvida o mais importante de vitamina quando se trata de testosterona. Um estudo publicado no “Journal of Clinical Endocrinology” examinou a relação entre níveis de suplementação de vitamina D e testosterona em homens. Os autores descobriram que os participantes com níveis mais altos de Vitamina D tinham níveis significativamente mais elevados de testosterona livre em comparação com aqueles com níveis insuficientes de vitamina D. Com base nos resultados deste estudo, verifica-se a vitamina D tem uma forte relação com os níveis de testosterona.

4- EXERCÍCIOS de loga duração não são os melhores
Outro aspecto de sua formação que pode influenciar seus níveis de testosterona é a duração de seus treinos. Se você está se envolvendo regularmente em longos e arrastado treinos com longos períodos de repouso ou exercícios de resistência excessiva, em seguida, seus níveis de testosterona pode levar um hit! Exercícios com duração superior a cerca de uma hora pode começar a cair os níveis de cortisol e, posteriormente, diminuir a testosterona. Além disso, a pesquisa demonstrou que um período de descanso entre as séries mais curto (um minuto contra três minutos) provocou reações hormonais maior agudas na sequência de um treinamento de resistência. Para que você maximizar sua testosterona, mantenha curtos períodos de descanso e exercício total do tempo de 60 minutos ou menos.

5- OBTENHA SEU sono com qualidade
A falta de qualidade do sono pode diminuir drasticamente a quantidade de testosterona seu corpo produz, reduzindo assim o crescimento muscular e perda de gordura! A pesquisa demonstrou que a quantidade de sono que você começa está associada com níveis de testosterona da manhã. Pesquisadores da Universidade de Chicago registrou os padrões de sono de homens saudáveis e descobriu que os níveis de testosterona dos participantes aumentou mais tempo quando eles dormem. Recomendo 7-9 horas de sono por noite para optimizar o aumento da testosterona.

Confira nossa sessao de suplementos importados para aumento da Testosterona: http://www.nutrivitasuplementos.com/pre-hormonal-testosterona/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *